quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

sobre minha sorte

Você em meio a tudo o que tens,
procura sempre em vão o que não precisas.
Eu, em meio a minhas nadezas, mergulho feliz, infante, 
nas profundezas das efemeridades doces....
e sem procurar, tenho tudo!

Um comentário:

  1. Cristalina
    Liberta no abismo
    Oh Panico
    Alça ao infinito

    Ni!

    ResponderExcluir